Qual o regime tributário mais benéfico para uma startup?

Qual o regime tributário mais benéfico para uma startup?
21 de julho de 2021

Startups são empresas bem peculiares, que galgam cada vez mais espaço no mercado brasileiro. Num geral, a escolha do regime tributário vai muito da atuação da marca em questão. Entretanto, haja vista a constante oscilação das startups, a tomada de decisão nesse momento leva em consideração muitos outros fatores.

 

Por isso a pergunta se mantem: como escolher o regime tributário mais benéfico para uma startup? Confira a resposta que nós aqui da Diferencial Soluções Empresariais preparamos para você.

 

O que define o regime tributário?

 

Ao escolher um regime tributário, a gestão de uma marca está definindo os impostos e as contribuições que serão cobradas da empresa. Existem três principais regimes tributários no Brasil: o Simples Nacional, o Lucro Real e o Lucro Presumido.

É necessário selecionar um desses três regimes no momento de formalização de seu negócio. Para melhor estruturar e ter uma escolha bem alinhada com a realidade, estude a sua startup e entenda melhor a respeito do porte que ela terá no nascimento, o faturamento, o segmento e a atividade da empresa.

O regime tributário ideal é aquele que lhe permite pagar o mínimo de impostos, mantendo a empresa totalmente regular com o Fisco: atender às exigências da lei é sempre benéfico para a empresa!

 

Mas qual o melhor regime tributário para Startups?

 

Ainda que as startups sejam extremamente diversas, o regime tributário mais recomendado costuma ser o Simples Nacional. O motivo disso? Um recolhimento de taxas de forma simplificada, que facilita a administração de obrigações fiscais, uma carga tributária menor (o que permite o nascimento da empresa de forma enxuta), assim como, um limite legal alto de faturamento.

Ainda que esse seja o cenário mais aprazível para a maior parte das startups, não podemos de forma alguma afirmar que esse é o cenário ideal para todas as startups.

 

O que levar em consideração quando escolhendo o regime tributário para uma startup?

 

Muito deve ser levado em conta na hora de decidir o regime tributário de sua startup. Tal qual comentamos, existem outras opções além do Simples Nacional, essas que seriam o Lucro Real (o mais complexo de todos), e o Lucro Presumido (uma versão simplificada do Lucro Real, que se baseia numa estimativa da margem de lucro do empreendimento).

De uma forma ou de outra, a decisão do regime que virá associado será aquele que irá trazer maiores benefícios de acordo com a operação da empresa, e será escolhido apenas após um profundo estudo e realização de projeções da realidade da Startup.

 

Quem pode te ajudar a escolher o regime tributário para Startup?

 

Nós aqui da Diferencial Soluções Empresariais. Especialistas em lidar com todas as questões que empreendedores enfrentam dia após dia, nós aqui da Diferencial poderemos levar ao seu negócio ao patamar que você espera alcançar.

Converse um pouco com nossos especialistas, explique melhor a situação de sua startup e certamente poderemos tomar os passos que melhor agregam ao futuro de sua marca nesse momento decisivo.
Um grande abraço e nos falaremos em breve. Até mais!